Amazon AWS Glacier – Alternativa em nuvem para cópias de segurança

Quase 4 meses depois de iniciar o uso do Amazon Web Service Glacier, gostaria de apresentar esse serviço da Amazon que pretende servir de alternativa às fitas de backup e outras opções de guarda a longo prazo de seus documentos digitais.

O Glacier é parte do conjunto de soluções em nuvem da Amazon. Uma opção de armazenamento de grande quantidade de dados que terão acesso pouco frequente, baixo custo e armazenamento por longo prazo.

Considere-o como um serviço interessante para armazenar documentos eletrônicos/digitais pessoais como fotografias, vídeos e outros que você não quer perder quando descobrir que o HD do seu computador ou aquele DVD-R importante está estragado.

Empresas também vão perceber o valor do AWS Glacier para armazenar seus documentos de valor permanente.

Imagine o Glacier como uma espécie de disco virtual, no que diz respeito a ser um espaço de armazenamento remoto. Mas ele não sincroniza pastas em seu computador, você precisa realizar o upload de seus dados para sua conta no Glacier (pode enviar muitos terabytes de dados, ele aguenta).

Recomenda-se que seja feito um planejamento de quais documentos e como eles serão preparados para o armazenamento no Glacier, de minha parte, tenho preparado pacotes com o formato 7-zip antes de enviar.

Baixa frequência de acesso de dados

Pode enviar terabytes de dados para o Glacier, há espaço suficiente e o envio é gratuito.

No entanto, para recuperar uma pasta ou documento eletrônico depositado, você precisa esperar 3 a 5 horas após a solicitação. Essa é a primeira característica que deverá ficar atento. Caso queira depositar documentos que você consulta frequentemente, o Glacier não é a solução que procura.

Se pretende depositar aqueles dados que você precisa recuperar pouquíssimas vezes ao ano (como quando seu HD queimar e você precisar recuperar cópias), o Glacier é para você ou sua empresa.

Mas, atenção! Há custos, leia a seguir.

Baixo custo

Recuperar documentos no Glacier será gratuito se você permanecer em um patamar de recuperação abaixo de 1 GB/mês.

A recuperação dos documentos enviados pode custar a partir de US$ 0.12 (doze centavos de dólar), depois dos primeiros 1 GB gratuitos, até os primeiros 10 terabytes, se ocorrido dentro de um mesmo mês. Para uma tabela mais específica, consulte as regras de preço do serviço.

Como usar o AWS Glacier – o básico

1. Tenha uma conta na AWS. O site está em português e não é difícil se cadastrar. Se você já comprou algo na Amazon, então pode usar a mesma conta.

2. Sugiro que use o aplicativo FastGlacier. Há uma versão gratuita que usei por alguns dias antes de decidir adquirir a versão “Pro”, que permite enviar os documentos mais rápido. Se não quiser gastar 39 dólares por (muito) mais velocidade, pode continuar usando a versão gratuita.

3. Adotei como prática criar pacotes compactados com o 7-zip. Posso enviar uma pasta de fotos de um determinado evento de uma vez só e recuperar com agilidade semelhante quando precisar.

Uma ideia sobre “Amazon AWS Glacier – Alternativa em nuvem para cópias de segurança”

  1. Olá Ricardo, excelente artigo. Você teria um tempo apenas para me responder uma dúvida? Desde já agradeço!

    Hoje o Glacier custa 0,01 de dólar para armazenamento. Você sabe se é cobrado algo por upload, pois quando fui fazer meu primeiro upload pelo ARQ ele me diz que seria cobrado 0,05 por GB no upload, além do armazenamento. Ai fiquei na dúvida!

    Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *